Nossos valores

No que acreditamos

Acreditamos na benevolência humana quando essa está conectada com sua natureza essencial. Concordamos com, Carl Rogers, grande impulsionador da Psicologia Humanista e uma de nossas fontes de inspiração: “o ser humano é essencialmente bom, cuja energia positiva pulsa dentro de si, em busca de conexão, aceitação e compreensão.”

A sensação de isolamento que sentimos e todo ato de malevolência que observamos têm suas raízes na separação, que vem sendo a nossa iniciação neste mundo. O isolamento e desconexão que se sente no exterior é um espelho do isolamento e desconexão que se passa em nosso interior.
Apesar da nossa condição de separação e das incontáveis fragmentações que passaremos no decorrer da vida, a alma sempre busca a reunião de si mesma. O sentir, ainda muito inconsciente e incompreendido, é a bússola.

O que se sente é o que se é. Essa é a parte mais representativa do Ser pois o sentimento é a alma se percebendo em sua experiência e se movendo em direção a sua unidade.

Vivemos numa era difícil no que tange os sentimentos, pois o amor, aceitação e a liberdade vêm sendo condicionados. Por conta disso, todos passaremos por situações de abuso e negligência emocional e isso faz com que nos sintamos desconfortáveis com nossa vulnerabilidade. Passamos a criar mecanismos para escondê-la, protegê-la e nos afastar de situações as quais é preciso lidar com ela.

Por sobrevivência foi preciso se proteger e criar barreiras internas, e isso se reflete externamente. Esse é um movimento natural e inerente a experiência humana nos dias de hoje.


Onde isso está nos levando

Nunca estivemos tão conectados e nunca nos sentimos tão sós ao mesmo tempo. As estatísticas de solidão e depressão estão cada vez maiores, sobretudo entre os jovens.

Nossa sociedade moderna fez movimentos dramáticos a favor da independência como resultado do trauma que experimentamos em nossas relações no curso da história. Convivemos com a percepção de que existe uma barreira invisível que separam as pessoas emocionalmente e que elas estão cada vez menos disponíveis ou ausentes para os assuntos do coração.

A jornada é individual, mas não é sozinha. O ser humano é um ser interdependente e social. O sofrimento é inerente a esta experiência, contudo, se sentir isolado na dor, enquanto todos nós compartilhamos do mesmo aprendizado, é o que vem arrastando almas a um estado constante de solidão, isolamento e dor.

Uma autonomia emocional saudável nasce de um senso de adequação e segurança, que são providos por conexões seguras.


A nossa proposta

Por conta da insegurança emocional que domina as relações humanas, a proposta do Kor-e é começar pelos “belos estranhos”. Conectar numa plataforma online duas pessoas pelo anonimato e que não se conhecem: uma treinada e disposta a servir e outra que se vulnerabilizou para ser ouvida, assim geramos uma conexão segura e real. Segura pois é pontual e livre de julgamentos; e real pois a vulnerabilidade é a liga que conecta os seres em sua real humanidade, pois todos nos igualamos neste lugar.

A proposta do Kor-e é promover educação e suporte emocional de maneira gratuita. O Kor-e treina voluntários que já despertaram para o propósito de servir ao próximo e que estão dispostos a disponibilizar parte do seu tempo para ouvir e dar suporte à pessoas que estão passando por momentos desafiadores emocionalmente e se sentem isoladas em seus processos.

Acreditamos na capacidade do ser humano ajudar o outro quando a vulnerabilidade é manifestada por um pedido de ajuda ou de acolhimento. Também acreditamos fielmente na capacidade de treinar (ou melhor… relembrar) pessoas a escutarem e aceitarem o próximo de forma empática e incondicional.


A magia por trás

Quem ajuda:
Resgata o senso de propósito de vida através do servir;
Se apossa da sensação de ter feito uma diferença;
Expande consciência;
Aprimora o seu autoconhecimento;
Pratica a empatia e a compaixão;
Aprimora os seus relacionamentos.

Quem pede ajuda:
Se sente menos só;
Desabafa e diminui a sensação de angústia;
Se sente acolhido e aceito;
Resgata a fé na humanidade;
Aprimora o seu autoconhecimento.

Desejamos resgatar o potencial de cura inerente a todos os seres humanos, que é justamente despertado através do outro. Nosso objetivo é criar um ambiente favorável para conexões seguras e reais para que aos poucos, possamos todos nos sentir cada vez mais à vontade com nossa vulnerabilidade e com nossos sentimentos, a ponto de melhorar nossas relações humanas e nos sentir cada vez mais próximos.

Desejamos contribuir para um mundo mais compassivo e empático emocionalmente, onde as conexões humanas sejam autênticas e partam do coração e não mais pelas máscaras que defendem a sua vulnerabilidade, onde o propósito da vida passe pelo servir ao próximo e se alie a consciência e percepção de que somos um e de que a separação entre os seres não passa de uma ilusão.

Contamos com você neste movimento.
Cada ser carrega dentro de si este potencial de servir e um senso de propósito de alma que está aliado à Vida.
Não conseguiremos cumprir nossa Missão sozinhos.
Sejamos a mudança que desejamos ver mundo.

Com amor,
Amigos do Kor-e 💚